O aumento do anonimato do Bitcoin é uma ameaça às moedas de privacidade?

Não é nenhum segredo que o Bitcoin não é realmente anónimo, apesar do que vários observadores externos da criptografia podem reivindicar. É, na verdade, pseudónimo, já que as suas transações são vulneráveis ​​a serem rastreadas a indivíduos específicos por governos e agências de informação com determinação e conhecimento suficientes. No entanto, nos últimos meses, a privacidade que oferece aos utilizadores vem aumentando constantemente, dado que uma série de serviços de mixagem de moedas e add-ons estão a fornecer mais e mais usuários com o anonimato que o próprio Bitcoin não fornece por conta própria. .

bitcoin-anonimoMas com a melhoria da privacidade da Bitcoin, surge a possibilidade de que isso poderia enfraquecer a posição de moedas de privacidade dedicadas, como Monero, Zcash e Dash. Se o Bitcoin oferecer anonimato e também uma reserva de valor superior, isso poderia fazer com que a popularidade de tais altcoins diminuísse ao ponto de verem menos uso, menos apoio da comunidade e menos crescimento. Por outras palavras, é possível que o Bitcoin se esteja a tornar numa ameaça existencial para essas moedas que aumentam a privacidade.

No entanto, esse não seria apenas o pior cenário possível, mas os desenvolvedores dos lados Bitcoin e altcoin da equação acreditam que é altamente improvável. Por um lado, inúmeras moedas de privacidade oferecem vantagens tecnológicas sobre o Bitcoin, mesmo quando o Bitcoin está se beneficiando da mistura de serviços. Mas por outro lado, o mercado de criptomoedas não é um jogo de soma zero, e há espaço suficiente para mais de uma moeda manter a popularidade e uma ampla base de usuários, especialmente porque o Bitcoin – mesmo com melhorias – ainda não é tão privado quanto certos rivais.

Marcha do Bitcoin em direção a maior privacidade
Como qualquer um que seguiu a saga da Rota da Seda / Ross Ulbricht sabe, as transações e os endereços de carteira do Bitcoin podem ser atribuídos a pessoas específicas, com trabalho de detetive suficiente. Em 2014, por exemplo, pesquisadores da Pennsylvania State University conseguiram mapear os endereços IP de mais de 1.000 carteiras de Bitcoin, analisando o fluxo de dados da rede Bitcoin e procurando transações isoladas de endereços IP únicos. Também foi sugerido, por meio de vazamentos, que a Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) pode identificar os utilizadores do Bitcoin processando o tráfego da Internet em massa.

Saber mais em: cointelegraph.com

CryptoEscudo (CESC)

CryptoEscudo, uma moeda criptográfica que todos podem criar, gerir e usar.

O CryptoEscudo (CESC) é uma moeda lançada por cidadãos portugueses, desenvolvido a partir do recente e inovador conceito tecnológico de moeda criptomoeda. Um conceito que muda tudo o que conhecemos sobre dinheiro: a forma como o usamos, guardamos ou criamos. Um conceito, em que as moedas são criadas e usadas digitalmente numa rede descentralizada e de forma segura, tendo por base a criptografia. Referimo-nos à tecnologia blockchain.

A moeda digital criptográfica portuguesa não é criada ou controlada por quaisquer bancos, governos ou empresas. É uma moeda baseada em criptografia e que tira a sua segurança dos complexos cálculos nela envolvidos, sendo transparente e pública para todos, com a sua própria blockchain. É o digital a chegar ao dinheiro, tal como já chegou à correspondência… à escrita… à música… às comunicações.

Pode saber mais no site oficial em: www.cryptoescudo.pt

Fique a saber que cada português tem direito a 15 CESC.

Se quiser minar esta moeda sugerimos  a pool Cesc Plentygadget.

Para tal siga os seguintes passos:

A) Criar o user na pool

1. Ir a cesc.plentygadget.pt e no canto superior direito carregar em “Sign Up”.
2.  Preencher todos os campos. O PIN é de extrema importância, vai necessitar dele sempre que pretender fazer alterações nas definições de conta.
3. Dentro de momentos receberá um email com o link para validarem a vossa conta. Sigam esse link e façam “Login”.
4. Do lado esquero da página vão a “My Account” -> “My Workers”
5. Colocar um nome para o vosso “worker” e definam um “password” e pressionem “Add New Worker”

B) Software de mineração

cgminer 3.7.2 para windows
http://cryptomining-blog.com/460-download-cgminer-3-7-2-with-gpu-support-for-windows/

cgminer 3.7.2 para linux
https://github.com/Kalroth/cgminer-3.7.2-kalroth

bfgminer para windows, linux e outros dispositivos….
http://bfgminer.org/

Falulous Panda Miner para Mac
http://macminer.fabulouspanda.com/

MinerD windows/linux/mac
https://bitcointalk.org/index.php?topic=55038.msg654850#msg654850 MinerD windows/linux/mac

OS Minera Para Raspberry PI para controlar todos os miners USb
https://getminera.com/

awesome miner para gerirem remotamente e em apenas uma aplicação todos os vossos miners.
http://www.awesomeminer.com/

Para ajuda na mineração ou outras questões relacionadas com esta moeda, a comunidade do cryptoescudo tem um forum: aqui